Abaixo, os melhores sites de notícias

Loading...

MARINA LIMA DE PRESENTE AOS LEITORES

Loading...

terça-feira, agosto 07, 2007

QUER SABER MAIS SOBRE A CIDADE DE FÁTIMA, EM PORTUGAL?

Há alguns dias publiquei aqui o texto de uma grande amiga que mora em Portugal. Na ocasião, ela falou sobre uma festa que acontece por lá, muito tradicional: a festa de Santo Antônio. Aqui também há a festa do santo casamenteiro, mas o que eu achei um barato foi que em Portugal, é tradição as pessoas saírem pelas ruas e comer sardinha assada. É como se fosse, acho eu, que se assemelha a irmos a uma festa junina e comermos aqui ou ali um bom milho assado.

Muita gente gostou da matéria e da curiosidade de ter informações de outro país, tão parecido e tão diferente do nosso. Minha amiga, a Helena, mandou outra matéria. Desta vez sobre a cidade de Fátima, que todos conhecem pelo turismo religioso. A foto acima é do ponto de visitação. Segue, na íntegra, a matéria escrita por ela. Obrigado, Helena. Aproveitem, leitores.


Visita ao Santuário de Fátima

Desde o início do século passado que Fátima está entre os locais importantes de peregrinação mundial. Sobretudo católicos. Entre os seus eles, o mais conhecidos, com grande devoção à senhora de Fátima, estava o Papa João Paulo II.

Tudo começou no dia 13 de Maio de 1917. Era meio-dia, quando três crianças: Lúcia, de 10 anos, Francisco de 9, e Jacinta de 7, pastoreavam o seu gado nos campos da Cova da Iria, Freguesia de Fátima. De repente depararam-se com um fenómeno invulgar, que consistiu na aparição de uma luz que se transformou numa “senhora”, no cimo de uma azinheira (árvore típica daquela região). A senhora pediu-lhes para rezarem muito e convidou-os a irem àquele local nos cinco meses seguintes, naquela data e hora. O que veio a acontecer, repetindo-se as aparições. No dia 13 de Outubro daquele ano, já eram 70 mil o número de pessoas que acorreram à Cova da Iria para poderem presenciar as aparições. A “senhora” terá pedido que fosse ali construída uma capela. Depois desta aparição, os presentes observaram um fenómeno que ficou conhecido como o “milagre do sol”: este assemelhou-se a um disco de prata e por breves instantes girou sobre si mesmo, parecendo precipitar-se na terra.

Ficaram conhecidas algumas confidências que a “senhora” fez aos três pastorinhos com o nome de “os três segredos de Fátima”. Entre eles, conta-se a consagração da Rússia ao sagrado coração de Maria.

Na época, as três crianças foram perseguidas, ameaçadas pelas autoridades oficiais, e acusadas de terem inventado uma mentira. Elas, não só negaram as acusações, como mantiveram a versão inicial. Praticaram sacrifícios (pedidos pela “senhora”) mesmo quando já estavam doentes. Francisco e Jacinta (irmãos) faleceram pouco tempo depois. O primeiro em Outubro de 1918 e a segunda em Fevereiro de 1920. Lúcia (prima de ambos), dedicou-se à vida religiosa, vindo a falecer a 13 de Fevereiro de 2005, com 97 anos.

Curiosamente, se o regime político da altura os perseguiu, as coisas iriam mudar com o regime de Salazar. A partir de 1930, após o “casamento” entre o regime salazarista e a Igreja católica, aquele investiu na divulgação do que ficou conhecido como a política cultural dos três F`s: Fátima, Fado e Futebol.

Desde essa data Fátima tornou-se um local de atracção de fiéis católicos e não só. Vêm aos milhares, todos os anos. Além da Basílica, da capela das aparições, e outros edifícios de apoio, está a ser construída uma Catedral nova.

Nenhum comentário: